Data Centers: Avaliação de Riscos e Técnicas para Mitigação e Solução de Problemas

O workshop apresenta um roteiro com conceitos e ferramentas práticas para identificar causa-raiz de problemas e um processo de inovação para auxiliar a tomada de decisão sobre novos processos. Apresenta conceitos do Six-Sigma, processo de melhoria contínua para reduzir defeitos, e ferramentas para estimular o trabalho em equipe e criatividade.

Para reforçar o aprendizado são desenvolvidos vários exercícios práticos.
O workshop inicia com uma revisão dos conceitos de governança de Data Centers, tecnologias de infraestrutura predial, sistemas de processamento e armazenamento de dados, incluindo telecomunicações e segurança da informação, incluindo aspectos de eficiência energética e sustentabilidade.

O tópico seguinte apresenta uma revisão dos principais modelos de governança do mercado e como eles se complementam para formar a governança do Data Center.

Na sequência é apresentado como elaborar a análise de risco propriamente dita, através de um processo estruturado, baseado em modelos de mercados e na recomendação do NIST, órgão do governo americano de padronização.

Após o conteúdo teórico são desenvolvidos exercícios práticos para aplicar os conhecimentos e fixar o conteúdo apresentado, incluindo a elaboração de relatórios de risco.

Por último é apresentado um processo para estimular a criatividade na solução de problemas, baseado em perguntas e respostas, para estruturar as ideias e gerar uma solução de consenso do grupo. Um exercício prático é aplicado. Este exercício pode ser um caso real da empresa quando o curso é aplicado na modalidade “in company“.

Para reforçar o aprendizado dos alunos, o professor prestará apoio a projetos da empresa através de 4 sessões on-line via Skype de 1 hora cada durante 30 dias após o curso.

Programa do Curso:

  1. Revisão da infraestrutura de data centers, mostrando seus principais componentes de software, hardware e infraestrutura;
  2. Revisão dos principais frameworks de governança de TI;
  3. Processo de gestão de risco;
  4. Terminologia básica para avaliação de risco;
  5. Atividades necessárias para uma avaliação de risco;
  6. Framework para avaliação de riscos:
    1. Fontes de ameaças;
    2. Eventos de ameaça;
    3. Vulnerabilidades e condições predisponentes;
    4. Probabilidade de ocorrência de um evento de ameaça;
    5. Impacto organizacional;
    6. Determinação do risco;
    7. Informar a resposta ao risco;
  7. Informações essenciais para os relatórios de avaliação de riscos;
  8. Atividades necessárias para manter os resultados de uma avaliação de risco;
  9. Técnicas para solução de problemas;
  10. Técnica para encontrar a melhor solução de um problema;

Duração do curso:

8 horas.

Suporte após o curso:

4 sessões online de 1 hora durante o período de 30 dias via Skype.

Modalidade:

“In company”

Professor:

Eduardo Fagundes. Desenvolve projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) nas áreas de inovação, tecnologia e energias sustentáveis. Professor no pós-graduação da Universidade Mackenzie (Gestão do Conhecimento & Inteligência de Negócios e Engenharia de Software), e no MBA da FIAP (Estratégias de Negócios Sustentáveis). Engenheiro Eletricista pela PUC-RS. Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Mackenzie. Especialista em Telecomunicações pela FAAP. Certificado em Negócios e Liderança pela Darden School of Business da Universidade da Virgínia (EUA). Foi coordenador do curso de pós-graduação em TI da Universidade Mackenzie. Foi professor de Processos de Inovação do programa de desenvolvimento de executivos da HSM Educação. Desenvolveu projetos de TI na Alemanha, Argentina, Brasil, Estados Unidos, Índia, Inglaterra e Itália para a Ford Motor Company e AES Corporation. Foi gerente de TI da Ford América do Sul e CIO da AES Brasil (AES Eletropaulo, AES Sul, AES Tietê e outras empresas do grupo). Escreveu o livro “Como Ingressar nos Negócios Digitais” com apoio do SEBRAE Nacional. Desenvolveu o curso sobre Cidades Inteligentes baseado na ISO 37.120, mostrando como as novas tecnologias influenciam no desenvolvimento econômico, social e sustentável das cidades. Coordena o Projeto Lean Data Center.