Como estão os modelos de governança dos data centers?

Home Fóruns Governança de Data Centers Como estão os modelos de governança dos data centers?

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Eduardo Fagundes 9 meses, 3 semanas atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #660

    Com a reforma trabalhista de 2017, deve se intensificar a prestação de serviços de várias áreas meio das organizações. Entre elas, a TI. Embora, o mercado já esteja maduro para a terceirização de TI, deve aumentar a concorrência, pois muitas empresas buscam alternativas mais radicais para a redução de custos operacionais.

    A questão que gostaria de colocar em discussão é como estão os modelos de governança dos provedores de serviços de data centers para garantir a entrega dos serviços contratados.

    Um dos modelos de governança para provedores de TI é o eSCM-SP, um modelo que define as “melhores práticas” com três propósitos: (1) dar orientação aos prestadores de serviços na melhoria de suas capacidades em todo o ciclo de vida do sourcing, (2) fornecer aos clientes um meio de avaliação objetivo para medir a capacidade dos prestadores de serviços e (3) oferecer aos prestadores de serviços um padrão para se diferenciar da concorrência.

    A versão atual, eSCM-SP v2, é composta por 84 Práticas que abordam os recursos críticos necessários aos provedores de serviços de TI. Cada Prática é distribuída ao longo de três dimensões, 1) Ciclo de Vida de Sourcing, 2) Área de Capacidade e 3) Nível de Capacidade.

    O eSCM-SP abrange 10 áreas de capacidade – Knowledge Management; People Management; Performance Management; Relationship Management; Technology Management; Threat Management; Contracting Service Design and Deployment; Service Delivery; e Service Transfer.

    O eSCM-CL (para clientes), lançado recentemente, possui 17 áreas de capacidade com o objetivo de melhorar os processos do cliente relacionados a contratação e sustentação dos serviços executados por fornecedores.

    Como o Cobit, o eSCM permite a incorporação de outros modelos especializados para atender a determinadas práticas operacionais, como o ITIL.

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.