O desafio da Governança para ambientes de Data Centers híbridos

A consultoria americana de TI, Gartner Group, prevê que, até 2020, serão vendidos mais serviços para provedores em nuvem de IaaS (Infrastructure as a Service) e PaaS (Platform as a Service) do que para Data Centers corporativos. A previsão faz sentido, teremos a expansão de dispositivos de IoT (Internet of Things) e uso intensivo de ferramentas de Big Data e Inteligência Artificial que requerem complexas arquiteturas e grandes infraestruturas para suportar a enorme quantidade de dados que serão trafegados na Internet e processados nos Data Centers. Dificilmente, um CTO (Chief Technology Officer) será ousado o suficiente para bancar essa infraestrutura e responsabilidade em um Data Center corporativo. Continue lendo “O desafio da Governança para ambientes de Data Centers híbridos”

Integração do DCIM, DevOps, Big Data e Inteligência Artificial para aumentar a disponibilidade e qualidade dos serviços de TI

A automação de processo de TI, incluindo a operação da infraestrutura dos data centers, é fundamental para manter a alta disponibilidade e qualidade dos serviços. Aplicações complexas, ambientes virtualizados com milhares de máquinas, desenvolvimento de sistemas com metodologias ágeis liberando funcionalidades diariamente, compromissos ambientais para reduzir a emissão de gases de efeito estufa e redução de custos são os desafios dos gestores e especialistas de tecnologia da informação (TI). Sem contar com as constantes auditorias de negócios que sempre incluem a TI para assegurar que todas, sem exceção, conformidades são atendidas, além das auditorias exclusivas de TI. Além da rotina diária, as áreas de TI são desafiadas constantemente para avaliar novas tecnologias e seus impactos na transformação dos negócios da empresa. Fazer mais com menos, só com automação de todos os processos. Continue lendo “Integração do DCIM, DevOps, Big Data e Inteligência Artificial para aumentar a disponibilidade e qualidade dos serviços de TI”

O desafio dos Data Centers para adotar o Spark como plataforma de Big Data

Análises em tempo real de grandes volumes de dados e aprendizado de máquina (Machine Learning) são as tecnologias que impulsionarão as empresas nos seus projetos de transformação digital. A rápida evolução de dispositivos de IoT, gerando montanhas de dados, exigirá análises em tempo real, permitindo acelerar o aprendizado das máquinas. O resultado será mais empresas e produtos mais inteligentes, melhor satisfação dos clientes, maiores lucros, redução de custos e equipes mais enxutas e especializadas. Continue lendo “O desafio dos Data Centers para adotar o Spark como plataforma de Big Data”

Planejamento de Cloud Computing para 2017

Final de ano, as organizações de TI das empresas estão concluindo seus planos para 2017. A área de Cloud Computing deverá ter investimentos agressivos em 2017, seguindo a tendência dos últimos anos. Entre as apostas para 2017, devem ser contempladas as seguintes tecnologias e serviços: uso de multi-cloud; armazenamento in-memory e temporário; novos modelos de distribuição de conteúdo; uso de Machine Learning nas aplicações empresariais; mais empresas usando seus metadados para gerar novas receitas. Continue lendo “Planejamento de Cloud Computing para 2017”

DevOps transformando a gestão dos Data Centers

O termo DevOps (Development & Operations) é utilizado para definir práticas de colaboração entre o desenvolvimento de software e outras práticas do ambiente de TI, incluindo as práticas do Data Center. O foco é a automação dos processos do início ao fim. Isso implica em maior responsabilidade para os desenvolvedores de software, maior automação da operação e, consequente, padronização das práticas em todas as etapas do processo: codificação, integração, testes, repositório dos artefatos, controle de mudanças, aprovações, configuração e gerenciamento da infraestrutura e monitoração. Continue lendo “DevOps transformando a gestão dos Data Centers”